domingo, 11 de julho de 2010

O Meio (1986)


100 POEMAS POSTADOS

Uma certeza,
E uma dúvida
Para que nasço,
Se um dia morro?
Tomar um banho, me alimentar
Ganhar dinheiro, namorar
O casamento, a política e a religião
Ser egoísta, ajudar meu irmão
Qual o sentido?
Para que viver?
Qual a resposta?
Para quer saber?

José Rosa (ZeRo S/A)

7 comentários:

Ozana disse...

como sempre muito bom.

Anônimo disse...

...É pra quê saber...não importa,mas estamos vivos,e teremos,que viver.entre tantas dúvidas,e sonhos.O importante é viver.
é Gostei.

denise disse...

adoreei ...
até me arrepiou esse poema ..
voce como sempre muito fera!
É a pura verdade, mas o que nos resta mesmo é viver!

denise disse...

adoreei ...
até me arrepiou esse poema ..
voce como sempre muito fera!
É a pura verdade, mas o que nos resta mesmo é viver!

siloca disse...

Para perguntar sempre: pra quê? A resposta está dentro de vc. Um abraço

Aninha disse...

Booom

...Eu sei a resposta!

Ark disse...

Belos versos, um tanto pessimistas. Creio que o único propósito da vida é fazer algo por nosso semelhante. O chato é que esse propósito em geral só é percebido quando já fomos...