sábado, 4 de agosto de 2007

Seu Olhar (Novembro/1987)

Nas ruas
Na sua
Sendo seu
Sem ser seu
Em sonhos
Sou eu e você
Somos nós
No quarto
Olhos no retrato
Cabeça no travesseiro
Pensamentos passageiros
e você
Na realidade
Você existe
Eu não existo
O tempo vai passar
Talvez eu desista
Talvez eu caiba no seu olhar

José Rosa (ZeRo S/A)

2 comentários:

Sandra Regina de Souza disse...

Gostaria de caber dentro do seu olhar... (adoro esse jeito todo doce! já disse que admiro sua sensibilidade, né?, moço!) beijo

Roy Andrade disse...

O (des)conhecido terreno do questionável ..."querer mas não poder estar ? Pq ? ". Devaneios... "EU não existo mas VC sim..." . É o coração pulsando mais forte...algo como uma "arritmia de um apaixonado"... Bonito poema...gostei muito. abraço.