terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Perda de Tempo

Passei muito tempo
Sem ninguém me tocar
Passei muito tempo
Sendo somente seu
Muito tempo perdido
Muito tempo em vão
Queria ficar
Quando deveria ir.
Nada me prendia
Só a minha paixão
Passei muito tempo a procurar
Você em alguém
Perdi muito tempo,
Mas agora sei
Que muito tempo perdi
Sendo seu,
Sendo de ninguém.


José Rosa (ZeRo S/A)

4 comentários:

Lidiane disse...

Faço das suas, as minhas palavras.
E agora, já que não posso ter de volta o tempo que perdi, vou aproveitar o tempo de agora.
;)

Paulo Queiroz disse...

Amigo, muito grato pela sua visita no meu humilde sitio. Adorei seus poemas. Grandes abraços.

Sandra Regina de Souza disse...

E a gente só se dá conta de que perdeu o tempo... quando se encontra... nele! beijos, meu querido e admirável poeta!!

Marli disse...

Só é uma pena que demoramos um pouco para nos dar conta desse tempo perdido...

Belo poema!