domingo, 20 de fevereiro de 2011

Aproxima (2010)


Então é assim, mocinha?
Você aí e eu cá?
Para de fugir.
Aproxima.

Nosso romance tem cheiro azul,
E nada de blues.
Possui ritmo de valsinha alegre,
Refrescante brisa de primavera.
Aproxima.

Vamos comemorar os luares,
Ligar para dizer:
Tô com saudade.
Aproxima.

Ouça os meus olhos
Embriagados de você.
Ouça com atenção
Aproxima.

Isso, mocinha.
Bem pertinho.
Eu e você aqui.
Sempre juntinhos.
Aproxima.

2 comentários:

Antonio disse...

uma delicada sedução.. um abraço

Nadir disse...

Que graça!!Soa nostalgia. BEIJOS